Kill Bill

Quentin Tarantino é um cineasta underground, e a cada filme produzido cumpre seu papel criador cult. Trabalhos como Cães de Aluguel e Pulp Fiction – Tempo de Violência mostram muito do seu potencial. Em Kill Bill cada imagem nos é mostrado todo a sua originalidade que somando à uma excelente trilha sonora faz deste filme – em duas partes – memorável. Uma Thurman perfeita está perfeita como a noiva e David Carradine como o personagem título faz o melhor personagem da história, um homem sábio, porém vingativo.

Nesta igreja vai acontecer um massacre

Coitados, vão morrer todos!

Kill Bill Vol. 1

Não falei...

A noiva ensanguentada

Enfermeira víbora

A Noiva Vs. Os 88

Tão bonita, tão mortal

A criatividade de Tarantino não tem limites

Em quem será que eles estão apontando?

Que tristeza...

Aposto que ele está pensando no Super Homem...

Kill Bill (EUA, Volume 1: 2003 e Volume 2: 2004) – IMDb e IMDb [tweetmeme source=”antcesar” only_single=false”]

Anúncios

One response to this post.

  1. Posted by Las Meninas Blogmix on 30 de março de 2011 at 2:14

    Adorei Kill Bill e Pulp Fiction! Tenho aqui em casa na minha coleção! Sou apaixonada pelo Quentin e Kill Bill é tudo de bom, eletrizante e fascinante nas as cenas de luta. Me senti nas histórias de quadrinhos japonesas. Amei!
    Ótimo blog! Vou espiar sempre. Já está nos meus favoritos!
    Veja o meu tb! hehehehe.. http://rejanebzmyblog.wordpress.com
    Bjussssssssss!
    Rejane

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: